sábado, 17 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 17/11



17 DE NOVEMBRO
SUPERANDO A SOLIDÃO

Quase sem exceção, os alcoólicos são torturados pela solidão. Mesmo antes de nossas bebedeiras se tornarem graves e as pessoas começarem a se afastar de nós, quase todos sofremos a sensação de estar sós.
Na Opinião do Bill, p.90

     As agonias e o vazio que muitas vezes senti por dentro, ocorrem cada vez menos na minha vida de hoje. Aprendi a enfrentar a solidão. Somente quando estou sozinho e calmo é que sou capaz de me comunicar com Deus, pois Ele não me pode alcançar quando estou perturbado. É bom manter contato com Deus a toda hora, mas é absolutamente essencial que, quando parece que tudo vai mal, eu mantenha este contato através da prece e da meditação.
______

Meditação do dia:
Mas logo descobrimos que, embora não estivéssemos mais sozinhos, no sentido social, ainda sofríamos das antigas angústias do isolamento ansioso. Enquanto não falássemos, com toda a franqueza, de nossos conflitos e ouvíssemos mais alguém fazer o mesmo, ainda não fazíamos parte.”
(Na Opinião do Bill, p.228)

Daily Reflection
NOVEMBER 17
OVERCOMING LONELINESS

Almost without exception, alcoholics are tortured by loneliness Even before our drinking got bad and people began to cut us off, nearly all of us suffered the feeling that we didn't quite belong.
AS BILL SEES IT, p. 90
The agonies and the void that I often felt inside occur less and less frequently in my life today. I have learned to cope with solitude. It is only when I am alone and calm that I am able to communicate with God, for He cannot reach me when I am in turmoil. It is good to maintain contact with God at all times, but it is absolutely essential that, when everything seems to go wrong, I maintain that contact through prayer and meditation.

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 16/11



16 DE NOVEMBRO
UM ALÍVIO DIÁRIO

O que temos na realidade é um alívio diário, que depende da manutenção de nossa condição espiritual.
Alcoólicos Anônimos, p. 104 ou p. 114

     Manter minha condição espiritual é como fazer exercícios todo dia, planejando a maratona, nadando, correndo. É permanecer em boa forma espiritualmente, e isto requer prece e meditação. A mais simples e mais importante maneira de melhorar meu contato consciente com o Poder Superior é rezar e meditar. Sou impotente perante o álcool como sou para fazer voltar as ondas do mar; nenhuma força humana teve o poder para vencer o meu alcoolismo. Agora sou capaz de respirar o ar de alegria, da felicidade e da sabedoria. Tenho o poder para amar e reagir aos eventos à minha volta com os olhos de uma fé em coisas que não são aparentes. Meu alívio diário significa que não importa quanto as coisas pareçam difíceis e dolorosas. Hoje eu sempre posso recorrer à força do programa para permanecer liberto de minha sutil, frustradora e poderosa doença.
______

Meditação do dia:
A única coisa que importa é que ele seja um alcoólico que encontrou a chave da sobriedade.”
(Na Opinião do Bill, p. 257)

Daily Reflection
NOVEMBER 16
A DAILY REPRIEVE
What we really have is a daily reprieve contingent on the maintenance of our spiritual condition.
ALCOHOLICS ANONYMOUS, p. 85

Maintaining my spiritual condition is like working out every day, planning for the marathon, swimming laps, jogging. It's staying in good shape spiritually, and that requires prayer and meditation. The single most important way for me to improve my conscious contact with a Higher
Power is to pray and meditate. I am as powerless over alcohol as I am to turn back the waves of the sea; no human force had the power to overcome my alcoholism. Now I am able to breathe the air of joy, happiness and wisdom. I have the power to love and react to events around me with the
eyes of a faith in things that are not readily apparent. My daily reprieve means that, no matter how difficult or painful things appear today, I can draw on the power of the program to stay liberated from my cunning, baffling and powerful illness.

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 15/11



15 DE NOVEMBRO
MANUTENÇÃO VITAL

Aqueles de nós que estão se utilizando regularmente da oração seriam tão incapazes de dispensá-la como ao ar, ao alimento ou à luz do sol, tudo pela mesma razão. Quando recusamos ar, luz ou alimento, o corpo sofre. Se virarmos as costas à meditação e à oração, também estamos negando às nossas mentes, emoções e intuições, um apoio imprescindível.

Os Doze Passos e as Doze Tradições, p.86

     O Décimo Primeiro Passo não precisa me esmagar. O contato consciente com Deus pode ser tão simples e tão profundo como o contato com outro ser humano. Posso sorrir. Posso escutar. Posso perdoar. Todo encontro com outro é uma oportunidade para a oração, para reconhecer a presença de Deus dentro de mim.
     Hoje posso me aproximar um pouco mais do meu Poder Superior. Quanto mais procuro a beleza do trabalho de Deus, mais seguro estarei de Sua presença.
______

Meditação do dia:
Viemos a acreditar que Ele gostaria que mantivéssemos nossas cabeças nas nuvens com Ele, mas que nossos pés ficassem firmes no chão. É aí, onde estão nossos semelhantes, e é aí onde nosso trabalho deve ser feito.”
(Na Opinião do Bill, p.178)

Daily Reflection
NOVEMBER 15
VITAL SUSTENANCE

Those of us who have come to make regular use of prayer would no more do without it than we would refuse air, food, or sunshine. And for the same reason. When we refuse air, light, or food, the body suffers. And when we turn away from meditation and prayer, we likewise deprive our minds, our emotions, and our intuitions of vitally needed support.
TWELVE STEPS AND TWELVE TRADITIONS, p. 97

Step Eleven doesn't have to overwhelm me. Conscious contact with God can be as simple, and as profound, as conscious contact with another human being. I can smile. I can listen. I can forgive. Every encounter with another is an opportunity for prayer, for acknowledging God's presence
within me.
Today I can bring myself a little closer to my Higher Power. The more I choose to seek the beauty of God's work in other people, the more certain of His presence I will become.

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 14/11



14 DE NOVEMBRO
INTUIÇÃO E INSPIRAÇÃO

pedimos a Deus inspiração, um pensamento intuitivo ou uma decisão. Relaxamos e seguimos com calma. Não lutamos.
Alcoólicos Anônimos, p.106 ou p. 115

    Eu invisto o meu tempo no que realmente amo. O Décimo Primeiro Passo é uma disciplina que me dá condições de ficar junto com meu Poder Superior, lembrando-me que, com a ajuda de Deus, intuição e inspiração são possíveis.
    A prática deste Passo conduz ao amor-próprio. Na tentativa consistente para melhorar meu contato consciente com um Poder Superior, sou sutilmente lembrado do meu passado doentio, com suas estruturas de pensamentos grandiosos e sentimentos falsos de onipotência. Quando peço por força para realizar a vontade de Deus para mim, torno-me consciente da minha impotência. Humildade e um saudável amor-próprio são compatíveis, um resultado direto de trabalhar o Décimo Primeiro Passo.
______

Meditação do dia:
Como nos foi dado perceber, é pelo exame de nossos próprios pensamentos e sentimentos que conseguimos que uma nova visão, ação e graça venham a influir no lado escuro e negativo de nosso ser. É um passo para o desenvolvimento daquele tipo de humildade que nos permite receber a ajuda de Deus. No entanto, é apenas um passo e devemos querer ir mais longe.”
(Os Doze Passos e as Doze Tradições – Décimo Primeiro Passo, §8)

Daily Reflection
NOVEMBER 14
INTUITION AND INSPIRATION
. . we ask God for inspiration, an intuitive thought or a decision. We relax and take it easy. We don't struggle.
ALCOHOLICS ANONYMOUS, p. 86

I invest my time in what I truly love. Step Eleven is a discipline that allows me and my Higher Power to be together, reminding me that, with God's help, intuition and inspiration are possible. Practice of the Step brings on selflove. In a consistent attempt to improve my conscious contact with a Higher Power, I am subtly reminded of my unhealthy past, with its patterns of grandiose thinking and false feelings of omnipotence. When I ask for the power to carry out God's will for me, I am made aware of my powerlessness. Humility and a healthy self-love are compatible, a direct result of working Step Eleven.

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 13/11



13 DE NOVEMBRO
OLHANDO PARA FORA

Pedimos, sobretudo, que sejamos libertados do egoísmo e tomamos o cuidado de não pedir nada exclusivamente para nós. Porém, podemos pedir algo para nós mesmos, sempre que esse algo ajudar aos outros. Cuidamos de nunca rezar por motivos egoístas.

Alcoólicos Anônimos, p.106 ou p. 115

    Como alcoólico ativo, eu permitia que o egoísmo corresse solto em minha vida. Eu era tão vinculado à minha bebida e a outros hábitos egoístas, que as pessoas e os princípios morais vinham em segundo lugar. Agora, quando rezo pelo bem-estar dos outros, ao invés de pelos meus “próprios motivos egoístas”, eu pratico uma disciplina de me soltar dos vínculos egoístas, cuidando de meus companheiros e me preparando para o dia em que serei solicitado a me soltar de todos os vínculos da terra.
______

Meditação do dia:
Muitas vezes temos a tendência a desprezar a meditação e a oração sincera, como se fossem algo que não é realmente necessário.”
(Na Opinião do Bill, p.127)

Daily Reflection
NOVEMBER 13
LOOKING OUTWARD

We ask especially for freedom from self-will, and are careful to make no requests for ourselves only. We may ask for ourselves, however, if others will be helped We are careful never to pray for our own selfish ends.
ALCOHOLICS ANONYMOUS, p. 87

As an active alcoholic, I allowed selfishness to run rampant in my life. I was so attached to my drinking and other selfish habits that people and moral principles came second. Now, when I pray for the good of others rather than my "own selfish ends," I practice a discipline in letting go of selfish attachments, caring for my fellows and preparing for the day when I will be required to let go of all earthly attachments.

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 12/11



12 DE NOVEMBRO
PENSAMENTOS MATINAIS

Pergunte-Lhe, na sua meditação matinal, o que você pode fazer, a cada dia, por aquele que ainda está doente.
Alcoólicos Anônimos, p. 176 ou p.191

     Por muitos anos ponderei sobre a vontade de Deus para mim, acreditando que talvez um grande destino tivesse sido preparado para minha vida. Afinal, tendo nascido numa determinada religião, não me tinham dito que eu era um escolhido”?
    Finalmente, quando considerei a passagem acima, me ocorreu que a vontade de Deus para mim era simplesmente de que praticasse o Décimo Segundo Passo todo dia. Além disso, deveria fazer isto com o melhor de minha habilidade. Logo aprendi que a prática me ajuda a manter minha vida dentro do contexto do dia de hoje.
______

Meditação do dia:
E agora, o que diremos do restante do Décimo Segundo Passo? A energia maravilhosa que ele desencadeia e a ação pronta pela qual leva nossa mensagem ao próximo alcoólico sofredor, e que finalmente convertem os Doze Passos em ação sobre todas as nossas atividades é a recompensa, a magnífica realidade de Alcoólicos Anônimos.”
(Os Doze Passos e as Doze Tradições – Décimo Segundo Passo, §8)

Daily Reflection
NOVEMBER 12
MORNING THOUGHTS

Ask Him in your morning meditation what you can do each day for the man who is still sick.
ALCOHOLICS ANONYMOUS, p. 164
For many years I pondered over God's will for me, believing that perhaps a great destiny had been ordained for my life. After all, having been born into a specific faith, hadn't I been told early that I was "chosen"? It finally occurred to me, as I considered the above passage, that God's will for me was simply that I practice Step Twelve on a daily basis. Furthermore, I realized I should do this to the best of my ability. I soon learned that the practice aids me in keeping my life in the context of the day at hand.

domingo, 11 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 11/11



11 DE NOVEMBRO
ACEITAR-SE A SI MESMO

Sabemos que o amor de Deus vela sobre nós. Enfim, sabemos que quando nos voltarmos para Ele, tudo estará em conosco, agora e para sempre.

Os Doze Passos e as Doze Tradições, p.93

     Rezo para estar sempre disposto a recordar que sou filho de Deus, uma alma divina numa forma humana, e que a tarefa mais urgente e básica na minha vida é aceitar, conhecer, amar e cuidar de mim mesmo. Quando me aceito, estou aceitando a vontade de Deus. Quando me conheço e me amo, estou conhecendo e amando a Deus. Quando cuido de mim, estou agindo sob a orientação de Deus. Rezo para ter disposição de abandonar a minha arrogante autocrítica, e louvar a Deus, humildemente aceitando-me e cuidando de mim mesmo.
______

Meditação do dia:
Em A.A. descobrimos que os reais bons resultados da oração são indiscutíveis. Eles são o fruto do conhecimento e da experiência.”
(Na Opinião do Bill, p.127)

Daily Reflection

NOVEMBER 11
SELF-ACCEPTANCE

We know that God lovingly watches over us. We know that when we turn to Him, all will be well with us, here and hereafter.
TWELVE STEPS AND TWELVE TRADITIONS, p. 105

I pray for the willingness to remember that I am a child of God, a divine soul in human form, and that my most basic and urgent life-task is to accept, know, love and nurture myself. As I accept myself, I am accepting God's will. As I know and love myself, I am knowing and loving God. As I nurture myself I am acting on God's guidance.
I pray for the willingness to let go of my arrogant selfcriticism, and to praise God by humbly accepting and caring for myself.

sábado, 10 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 10/11



1O DE NOVEMBRO
UMA SENSAÇÃO DE PERTENCER

Talvez uma das maiores recompensas que conseguimos obter com a meditação e a oração, seja a íntima convicção de que passamos a fazer parte.

Os Doze Passos e as Doze Tradições, p.93

   É isso: “fazer parte”.
  Após uma sessão de meditação, sabia que o sentimento que experimentava era uma sensação de fazer parte, porque me sentia tão à vontade. Eu sentia muita quietude interna, com mais disposição para deixar de lado pequenas irritações.
   Apreciava meu senso de humor. O que também experimento na minha prática diária é o puro prazer de pertencer ao fluxo criativo do mundo de Deus. Como é favorável para nós, que a oração e a meditação estejam escritas diretamente em nossa maneira de vida de A.A.
______

Meditação do dia:
Todos os que persistiram, encontraram uma força que realmente não tinham. Encontraram sabedoria superior à sua capacidade normal. E encontraram cada vez mais a paz de espírito que pode se manter firme, frente às mais difíceis circunstâncias.”
(Na Opinião do Bill, p.127)

Daily Reflection
NOVEMBER 10
A SENSE OF BELONGING

Perhaps one of the greatest rewards of meditation and prayer is the sense of belonging that comes to us.
TWELVE STEPS AND TWELVE TRADITIONS, p. 105

That's what it is—belonging! After a session of meditation I knew that the feeling I was experiencing was a sense of belonging because I was so relaxed. I felt quieter inside, more willing to discard little irritations. I appreciated my sense of humor. What I also experience in my daily practice is the sheer pleasure of belonging to the creative flow of God's world. How propitious for us that prayer and meditation are written right into our A.A. way of life.


sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 09/11



9 DE NOVEMBRO
CAMINHANDO PARA A LUZ

Mas, antes de tudo desejamos a luz. Pouca coisa pode crescer na escuridão. A meditação é nosso passo em direção à luz.
Na Opinião do Bill, p.10

     Às vezes penso que não tenho tempo para a oração e a meditação, esquecendo que sempre tinha tempo para beber.
     É possível conseguir tempo para qualquer coisa que deseje fazer, se desejar realmente. Quando inicio a rotina de oração e meditação, é uma boa ideia planejar devotar uma pequena quantidade de tempo para ela.
    Pela manhã leio uma página de um dos livros da Irmandade e à noite ao deitar-me digo “Obrigado, Deus”.
     Quando a oração torna-se hábito, aumento o tempo que dedico a ela, sem mesmo notar o espaço que ela toma no meu dia ocupado. Se tenho dificuldades para rezar, apenas repito a Oração do Pai Nosso, porque ela realmente cobre tudo. Então penso nos motivos que tenho para estar grato e digo uma palavra de agradecimento.
     Não preciso me fechar num gabinete para rezar. A oração pode ser feita até numa sala cheia de gente. Eu apenas me concentro por um instante. À medida que a prática oração continua, percebo que não preciso de palavras, pois Deus pode ouvir e ouve meus pensamento através do silêncio.
______
 
Meditação do dia:
Estejam sempre alegres, rezem sem cessar.”
(Paulo, apóstolo)

Daily Reflection
NOVEMBER 9
STEPPING INTO THE SUNLIGHT

But first of all we shall want sunlight; nothing much can grow in the dark. Meditation is our step out into the sun.
AS BILL SEES IT, p. 10

Sometimes I think I don't have time for prayer and meditation, forgetting that I always found the time to drink. It is possible to make time for anything I want to do if I want it badly enough. When I start the routine of prayer and meditation, it's a good idea to plan to devote a small amount of time to it. I read a page from our Fellowship's books in the morning, and say "Thank You, God," when I go to bed at night. As prayer becomes a habit, I will increase the time spent on it, without even noticing the foray it makes into my busy day. If I have trouble praying, I just repeat the Lord's Prayer because it really covers everything. Then I think of what I can be grateful for and say a word of thanks.
I don't need to shut myself in a closet to pray. It can be done even in a room full of people. I just remove myself mentally for an instant. As the practice of prayer continues, I will find I don't need words, for God can, and does, hear my thoughts through silence.

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.; 08/11



8 DE NOVEMBRO
UMA AVENTURA INDIVIDUAL

A meditação é algo que sempre pode ser desenvolvido. Ela não tem limites, tanto na extensão como na altura. Embora possamos ser auxiliados por qualquer instrução ou exemplo que encontrarmos, ela é essencialmente uma aventura individual que cada um de nós realiza à sua maneira.

Os Doze Passos e as Doze Tradições, p.90

    Meu crescimento espiritual é com Deus, como eu O concebo.
    Com Ele eu encontro meu verdadeiro eu interior. Meditação e oração diárias renovam e reforçam minha fonte de bem-estar. Recebo então a abertura para aceitar tudo que Ele me oferece. Com Deus tenho a afirmação reiterada de que minha jornada será como Ele deseja para mim e, por isto, sou grato de ter Deus na minha vida.
______

Meditação do dia:
Entre os membros de A.A. Existe ainda uma grande confusão a respeito do que é material e do que é espiritual. Prefiro acreditar que tudo é uma questão de motivo. Se usarmos nossos bens materiais de forma egoísta, então somos materialistas. Mas se os usamos para ajudar os outros, então o material ajuda o espiritual.”
(Na Opinião do Bill, p.287)

Daily Reflection
NOVEMBER 8
AN INDIVIDUAL ADVENTURE

Meditation is something which can always be further developed. It has no boundaries, either of width or height. Aided by such instruction and example as we can find, it is essentially an individual adventure, something which each one of us works out in his own way.
TWELVE STEPS AND TWELVE TRADITIONS, p. 101

My spiritual growth is with God as I understand Him. With Him I find my true inner self. Daily meditation and prayer strengthen and renew my source of well-being. I receive then the openness to accept all that He has to offer. With God I have the reassurance that my journey will be as He wants for me, and for that I am grateful to have God in my life.

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 07/11



7 DE NOVEMBRO
SOLTE-SE E ENTREGUE-SE A DEUS

rogando-se apenas o conhecimento de Sua vontade em relação a nós, e forças para realizar essa vontade.
Os Doze Passos e as Doze Tradições, p.85

     Quando eu “me solto e me entrego a Deus”, penso mais clara e sabiamente. Sem ter que pensar a respeito, rapidamente me livro das coisas que me causam dor e desconforto. Como acho difícil me livrar da espécie de pensamentos e atitudes preocupantes que me causaram uma imensa angústia, tudo que preciso fazer nestas horas é permitir que Deus, como eu O concebo, me liberte delas e no mesmo instante me solto de pensamentos, recordações e atitudes que estão me incomodando.
     Quando recebo ajuda de Deus como eu O concebo, posso viver um dia de cada vez e lidar com os desafios que apareçam no meu caminho. Somente então posso viver uma vida de vitória sobre o álcool, numa sobriedade confortável.
______

Meditação do dia:
Nossos pensamentos estarão num nível mais elevado quando começarmos a clareá-los, eliminando os falsos motivos.”
(Na Opinião do Bill, p.243)

Daily Reflection
NOVEMBER 7
LET GO AND LET GOD

. . . praying only for knowledge of His will for us and the power to carry that out
TWELVE STEPS AND TWELVE TRADITIONS, p. 96

When I "Let Go and Let God," I think more clearly and wisely. Without having to think about it, I quickly let go of things that cause me immediate pain and discomfort. Because I find it hard to let go of the kind of worrisome thoughts and attitudes that cause me immense anguish, all I need do during those times is allow God, as I understand Him, to release them for me, and then and there, I let go of the thoughts, memories and attitudes that are troubling me.
When I receive help from God, as I understand Him, I can live my life one day at a time and handle whatever challenges that come my way. Only then can I live a life of victory over alcohol, in comfortable sobriety.

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 06/11



6 DE NOVEMBRO
INDO COM O FLUXO

Procuramos, através da prece e da meditação, melhorar nosso contato consciente com Deus, na forma em que O concebíamos...
Os Doze Passos e as Doze Tradições, p.85


     As primeiras palavras que falo, quando levanto de manhã são: “Oh! Deus, me levanto para fazer a Tua vontade!”
    Esta é a oração mais curta que conheço e ela está profundamente enraizada em mim. A oração não muda a atitude de Deus para comigo: ela muda minha atitude para com Deus.
   Distinta da oração, a meditação é um tempo calmo, sem palavras. Estar centrado é estar fisicamente relaxado, emocionalmente calmo, mentalmente focalizado e espiritualmente consciente.
Uma maneira de manter o canal aberto e melhorar meu contato consciente com Deus, é manter uma atitude de gratidão.
   Nos dias em que sou grato, coisas boas parecem acontecer em minha vida. No momento que começo a xingar as coisas na minha vida, o fluxo do bem para. Deus não interrompeu o fluxo: minha própria negatividade é que o interrompeu.
______

Meditação do dia:
“Ao acordar, pensemos nas próximas vinte e quatro horas. Pedimos a Deus que dirija nossos pensamentos, especialmente que eles estejam isentos de autopiedade e dos motivos desonestos ou de interesseiros.” 
(Na Opinião do Bill, p.243)

Daily Reflection
NOVEMBER 6
GOING WITH THE FLOW

Sought through prayer and meditation to improve our conscious contact with God as we understood Him. . . .
TWELVE STEPS AND TWELVE TRADITIONS, p. 96

The first words I speak when arising in the morning are, "I arise, O God, to do Thy will." This is the shortest prayer I know and it is deeply ingrained in me. Prayer doesn't change God's attitude toward me; it changes my attitude toward God. As distinguished from prayer, meditation is a quiet time, without words. To be centered is to be physically relaxed, emotionally calm, mentally focused and
spiritually aware.
One way to keep the channel open and to improve my conscious contact with God is to maintain a grateful attitude. On the days when I am grateful, good things seem to happen in my life. The instant I start cursing things in my life, however, the flow of good stops. God did not interrupt the flow; my own negativity did.

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 05/11



5 DE NOVEMBRO
A QUALIDADE DA FÉ

Esta...tem que vir com a qualidade da fé... Jamais havíamos nos examinado, no sentido profundo e significativo... Nem sequer havíamos aprendido a rezar da maneira certa. Sempre havíamos dito: “Concedei-me as coisas que desejo” ao invés de “Seja feita a Vossa vontade.”

Os Doze Passos e as Doze Tradições, p.28

    Deus não me dá posses materiais, nem tira meu sofrimento ou me poupa dos desastres, mas Ele me dá uma boa vida, a habilidade de seguir em frente, e paz de espírito. Minhas orações são simples: primeiro, elas expressam minha gratidão pelas boas coisas em minha vida, independente de como foi duro para mim encontrá-las; e segundo, peço somente a força e a sabedoria para fazer a sua vontade. Ele responde com soluções para os meus problemas, reforçando minha capacidade para superar as frustrações do dia, com uma serenidade que eu não acreditava que existisse, e com a força para praticar os princípios de A.A. em todos os meus assuntos diários.
______

Meditação do dia:
Conforme cresce a fé, cresce a segurança interior. O grande medo latente do nada começa desaparecer. Nós de A.A. descobrimos que nosso antídoto básico para o medo é o despertar espiritual.”
(Na Opinião do Bill, p.196)

Daily Reflection
NOVEMBER 5
"THE QUALITY OF FAITH"

This . . . has to do with the quality of faith. . . . In no deep or meaningful sense had we ever taken stock of ourselves. .
. . We had not even prayed rightly. We had always said, "Grant me my wishes" instead of "Thy will be done."
TWELVE STEPS AND TWELVE TRADITIONS, p. 32

God does not grant me material possessions, take away my suffering, or spare me from disasters, but He does give me a good life, the ability to cope, and peace of mind. My prayers are simple: first, they express my gratitude for the good things in my life, regardless of how hard I have to search for them; and second, I ask only for the strength and the wisdom to do His will. He answers with solutions to my problems, sustaining my ability to live through daily frustrations with a serenity I did not believe existed, and with the strength to practice the principles of A.A. in all of my everyday affairs.

domingo, 4 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.: 04/11



4 DE NOVEMBRO
UMA DISCIPLINA DIÁRIA

quando essas práticas (autoexame, meditação e oração) estão logicamente relacionadas e interligadas, resultam em uma base inabalável para toda a vida.

Os Doze Passos e as Doze Tradições, p.87

   Os últimos três Passos do programa invocam a disciplina amorosa de Deus sobre a minha natureza obstinada. Se dedico apenas alguns momentos toda a noite para uma revisão dos pontos mais importantes do meu dia, junto com o reconhecimento daqueles aspectos que não me agradam muito, eu ganho uma história pessoal de mim mesmo, uma história que é essencial à minha caminhada para o autoconhecimento.
  Fui capaz de perceber meu crescimento, ou a falta dele, e pedir numa prece para ser aliviado desses defeitos de caráter contínuos que me causam sofrimento. Meditação e oração também me ensinam a arte de concentrar-me e escutar.
  Verifico que a confusão do dia se acalma quando rezo por Sua orientação e vontade. A prática de pedir a Ele que me ajude em meus esforços para a perfeição coloca uma nova perspectiva ao tédio de cada dia, porque sei que existe honra em qualquer trabalho bem feito. A disciplina diária de oração e meditação me manterá em boa condição espiritual, capaz de encarar qualquer coisa que o dia me traga, sem pensar em bebida.
______

Meditação do dia:
Quando um homem ultrapassa o plano do intelecto, do pensamento, quando se eleva ao plano da espiritualidade e da divina inspiração, descobre que há um estado de extrema felicidade, comparados ao qual os prazeres sensoriais e mesmo os intelectuais nada significam.”
(Swami Vivekananda)


Daily Reflection
NOVEMBER 4
A DAILY DISCIPLINE

. . . when they [self-examination, meditation and prayer] are logically related and interwoven, the result is an unshakable foundation for life.
TWELVE STEPS AND TWELVE TRADITIONS, p. 98

The last three Steps of the program invoke God's loving discipline upon my willful nature. If I devote just a few moments every night to a review of the highlights of my day, along with an acknowledgement of those aspects that didn't please me so much, I gain a personal history of myself, one that is essential to my journey into selfdiscovery. I was able to note my growth, or lack of it, and to ask in prayerful meditation to be relieved of those continuing shortcomings that cause me pain. Meditation and prayer also teach me the art of focusing and listening. I find that the turmoil of the day gets tuned out as I pray for His will and guidance. The practice of asking Him to help me in my strivings for perfection puts a new slant on the tedium of any day, because I know there is honor in any job done well. The daily discipline of prayer and meditation will keep me in fit spiritual condition, able to face whatever the day brings—without the thought of a drink.

sábado, 3 de novembro de 2018

Reflexões Diárias de A.A.; 03/11



3 DE NOVEMBRO
FOCALIZANDO E ESCUTANDO

A prática do autoexame, da meditação e da oração estão diretamente interligadas. Usadas separadamente, elas podem trazer muito alívio e benefício.

Os Doze Passos e as Doze Tradições, p.86 e 87

   Se faço primeiro meu autoexame, tenho certeza de que terei bastante humildade para orar e meditar – porque verei e sentirei a necessidade de fazê-lo. Alguns desejam começar e terminar com a oração, deixando um intervalo para o autoexame e a meditação, enquanto outros começam com a meditação, escutando os conselhos de Deus sobre seus defeitos ainda escondidos ou não reconhecidos. Outros ainda se empenham num trabalho escrito e verbal de seus defeitos, terminando com uma oração de louvor e ação de graças. Estes três – autoexame, meditação e oração – formam um círculo sem começo nem fim. Não importa onde ou como começo, aos poucos chego ao meu destino: uma vida melhor.
______

Meditação do dia:
Em vez de pensar a alma como inserida nas nossas profundezas, por que não olhar em outra direção, para fora, e pensá-la como aquilo que transcende nossa individualidade e nos une a outras pessoas e ao mundo em geral?” (Espiritualidade para Céticos – Robert C. Solomon, p.278)

Daily Reflection
NOVEMBER 3
FOCUSING AND LISTENING

There is a direct linkage among self-examination, meditation, and prayer. Taken separately, these practices can bring much relief and benefit.
TWELVE STEPS AND TWELVE TRADITIONS, p. 98

If I do my self-examination first, then surely, I'll have enough humility to pray and meditate—because I'll see and feel my need for them. Some wish to begin and end with prayer, leaving the self-examination and meditation to take place in between, whereas others start with meditation, listening for advice from God about their still hidden or unacknowledged defects. Still others engage in written and verbal work on their defects, ending with a prayer of praise and thanksgiving. These three-self-examination, meditation and prayer—form a circle, without a beginning or an end. No matter where, or how, I start, I eventually arrive at my destination: a better life.